L´evolution Des Pratiques Sportives En France (1946-1996) Une Lecture à Partir Du Modèle Théorique de Chifflet

Por: André Suchet.

Esporte & Sociedade - v.6 - n.16 - 2010

Send to Kindle


Resumo

No que se concerne às ciências sociais do esporte, em resposta à abordagem sócio-cultural para Pociello e sua equipe da Universidade de Paris-Sud Orsay, publicações produzidas no laboratório de Grenoble com autoria de Chifflet abordam o quadro analítico da sociologia das organizações. Porém este trabalho é baseado principalmente na reconhecida aceitação sóciohistórica de que o esporte é dividido entre uma oferta e demanda. A partir da revisão da literatura e discussão em torno de um modelo teórico, este trabalho detalha uma reconhecida contribuição do grupo de Grenoble para a sociologia histórica do esporte. Na verdade, o uso de uma divisão entre oferta e demanda do esporte, com o estudo de possíveis discrepâncias entre os dois tem um interesse significativo para a compreensão da evolução das práticas esportivas na França durante o período 1946-1996. 

Endereço: http://www.uff.br/esportesociedade/index.html?ed=16

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.