Licenciatura e Bacharelado: a Formação Profissional na área da Educação Física

Por: Daniele Bueno Godinho Ribeiro.

105 páginas. 2012 17/08/2012

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo tem como objetivo analisar o discurso dos professores com formação em Educação Física que ministram disciplinas integrantes das propostas curriculares dos Cursos de Educação Física presenciais do Estado do Tocantins, sobre a relação entre os tipos de formação proposta: Licenciatura e Bacharelado. A partir deste objetivo propomos uma reflexão sobre os caminhos percorridos pela Educação Física e sua relação com a ciência enquanto área de conhecimento, até chegarmos ao ponto central desta discussão, ou seja, a divisão das áreas de conhecimento científico. Participaram como sujeitos da pesquisa 14 professores dos cursos presenciais de graduação de Educação Física do Estado do Tocantins nos cursos de Bacharelado e Licenciatura, atuantes durante o primeiro semestre do ano de 2012 em suas respectivas instituições. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e as informações coletadas foram obtidas através das entrevistas na pesquisa de campo. Para a análise dos discursos recorreremos à técnica elaborada por Moreira; Simões & Porto (2005) designada: Análise de Conteúdo: Técnica de Elaboração e Análise de Unidades de Significado. Percebemos que ainda falta clareza sobre os objetivos, competências e habilidades pertinentes a cada tipo de formação da Educação Física (Licenciatura e Bacharelado), ressaltando que essa divisão, ainda é motivo de dúvida para a maioria dos professores entrevistados que ministram aulas nas duas habilitações no Estado do Tocantins.

Endereço: http://www.uftm.edu.br/paginas/curso/cod/1428/area/PROGRAMA+DE+POS-GRADUACAO+EM+EDUCACAO+FISICA/t/DISSERTACOES+DEFENDIDAS

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.