Limiar Anaeróbio a Partir da Pse em Exercício Resistido Por Modelos Matemáticos

Por: Andrey Jorge Serra, Carmen Silvia Grubert, Emerson Pardono, Flávio da Silva, Gerson dos Santos Leite, Gisela Arsa e Lucieli Teresa Cambri.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.22 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Introdução: O limiar anaeróbio é comumente identificado em exercícios cíclicos, contudo, também pode ser determinado no exercício resistido (ER) por diferentes métodos, e assim, estimar a carga de trabalho relacionada ao estresse metabólico. No entanto, sua identificação a partir de outros métodos como o modelo matemático da DMáx e principalmente por variáveis mais acessíveis, como a percepção subjetiva de esforço (PSE), ainda não foi analisada. Objetivo: Comparar o limiar de lactato (LL) identificado pelo método de inspeção visual (LLIV ) com o método da DMáx aplicado nas respostas do lactato (LL DMáx) e da PSE (PSE12/13 e PSE DMáx) durante exercício resistido incremental. Métodos: Dez praticantes de ER (24,8 ± 3,0 anos) foram submetidos ao teste de uma repetição máxima (1-RM) e a um teste incremental no leg-press, obtendo-se a PSE e o lactato em cada estágio. Resultados: Foi possível identificar o limiar anaeróbio por todos os métodos, entre 30% a 40% de 1-RM. As cargas absolutas, concentrações de lactato sanguíneo e PSE não foram diferentes entre os métodos empregados e apresentaram boa concordância entre si. Conclusão: É possível identificar o limiar anaeróbio tanto por inspeção visual quanto pelo modelo matemático de DMáx para o lactato e PSE, ampliando as possibilidades de determinação do limiar anaeróbio no exercício resistido por métodos de baixo custo e não invasivos.
 

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v22n2/1517-8692-rbme-22-02-00113.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.