Limite de Concordância Por Meio da Impedância Bioelétrica na Posição Horizontal e Vertical

Por: Igor Conterato Gomes, Ismael Forte Freitas Júnior, Lionai Santos Lima, Miguel Luiz Pereira, Robson Chacon Castoldi e Vanessa Santos Ribeiro.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.20 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Com as altas taxas de sobrepeso e obesidade da população mundial, torna-se necessário a criação de modelos de mensuração da composição corporal que possam ser de fácil aplicação e fidedignos em seus resultados. Objetivo: Dessa maneira, o objetivo do presente estudo foi comparar os componentes da composição corporal obtidos pelas mensurações realizadas com a bioimpedância elétrica (BIA), na posição horizontal (supina) ortostática (vertical) Método: A amostra constitui-se de 270 sujeitos (66 masculino e 204 feminino), com idade compreendida entre 30 e 80 anos. Mensurou-se peso, estatura e registrou-se a reatância e resistência por meio da bioimpedância elétrica (BIA Analyzer – 101Q, RJL Systems, Detroit, USA). Sendo o primeiro registro com o participante deitado em posição supina sobre colchonetes, em seguida, o segundo registro foi realizado com os participantes em pé. Os resultados foram analisados pelo teste t de Student para dados pareados com o software SPSS (versão 13.0) e significância de 5% (p

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/2420

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.