Linguagem e Educação Física: Uma Discussão Necessária

Por: Allan Delmiro Barros e .

XIX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VI Conice - CONBRACE

Send to Kindle


.Resumo

Se apropriar da linguagem como forma expressiva no intento de informar/transmitir signos linguísticos são atitudes inerentes aos seres humanos. Dentre algumas das dimensões da linguagem humana, temos a linguagem corporal, sendo a mesma inerente ao indivíduo que produz/transmite signos corpóreo-linguísticos. Neste estudo, pensa-se a “linguagem corporal como sendo o substrato fundante nas trocas de informações entre os indivíduos”, segundo Barros e Brasileiro (2014, p. 9).Para que essas interações aconteçam de modo pleno, leia-se: de maneira que as receptividades informativas sejam coesas e coerentes, faz-se necessário um trabalho na educação de base, ou seja, que a escola seja a estimuladora de tais progressos corpóreo-linguísticos, logo, tem-se como compreensão que é na escola que se deve pensar em um aprendizado/desenvolvimento que estimule o estudante a se apropriar de habilidades corpóreo-expressivas no intento de criarpossibilidadesde uso de tais habilidades aosestudantesfrente a uma sociedade múltipla, dinâmica, singular ao mesmo tempo

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2015/6conice/paper/viewFile/7848/3854

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.