O Potencial Mercantil de Uma Equipe Esportiva Profissional: o Caso do Basquetebol de Londrina (1997-2004)

Por: Edson Hirata e .

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.30 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar como uma equipe de basquetebol masculino profissional se organiza administrativamente para participar dos campeonatos nacionais. A pesquisa, de cunho qualitativo, optou pelo estudo de caso como procedimento técnico e escolheu a equipe de Londrina para servir de caso. Entrevistas foram realizadas e documentos foram coletados para a discussão a respeito da arrecadação de receitas e da organização administrativa da equipe, entre os anos de 1997 e 2004. A respeito da análise da arrecadação de recursos financeiros, verificou-se que o basquetebol de Londrina sobrevive graças ao patrocínio e esse teve especial contribuição do poder público. As outras duas formas de arrecadação, venda de ingressos e de direitos de transmissão, angariaram valores insignificantes. A outra abordagem apurou que o potencial mercantil da modalidade pode ser estimado como mediano para baixo, uma vez que a sua exposição na mídia é elevada apenas regionalmente, seus resultados são intermediários e a sua organização, apesar de satisfatória, tem elevada subordinação ao poder público. Essa configuração dificulta a comercialização junto ao empresariado e não designa um porvir sereno.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/538

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.