Manutenção da Postura Ereta em Condições de Perturbação: Influência da Execução de Uma Tarefa Manual Simultânea e Incerteza Sobre a Direção da Perturbação

Por: Andréa Cristina de Lima.

2009 29/04/2009

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou investigar os componentes posturais reativos em resposta a deslocamentos da base de suporte, perturbando o equilíbrio corporal, em função da realização concomitante de uma tarefa supra-postural manual e incerteza sobre a direção de perturbação. Dezesseis adultos jovens de ambos os sexos (M = 26,3 anos; DP = 2,6) participaram do estudo. A tarefa supra-postural consistiu em equilibrar um cilindro sobre uma bandeja (restrição), cujo desempenho foi verificado por meio do deslocamento angular do cilindro. O desempenho na tarefa postural foi avaliado em função da combinação da incerteza sobre a direção de perturbação postural (anterior ou posterior) e restrição imposta pela tarefa supra-postural, requisitando equilíbrio do cilindro ou manutenção de uma bandeja na orientação horizontal. O desempenho na tarefa postural foi avaliado por meio de análises eletromiográfica de músculos anteriores e posteriores da perna direita e cinemática das principais articulações envolvidas nos ajustes da postura e da tarefa supra-postural. Os resultados mostraram que a tarefa supra-postural com restrição em perturbações previsíveis diminuiu a latência de ativação da musculatura agonista reduziu o deslocamento manual no controle na tarefa supra-postural. A tarefa supra-postural com restrição induziu ajustes diferenciados nas articulações do tornozelo, joelho, quadril e ombro em comparação à condição sem restrição. Os resultados sugerem que a tarefa supra-postural com restrição induziu maior automatização postural para reagir rapidamente à perturbação. Estes resultados indicam que o controle de uma tarefa supra-postural é integrado com a manutenção do controle postural em situações de perturbação do equilíbrio corporal. Além disso, esta integração foi mostrada ser dependente da previsibilidade da direção de perturbação postural. Assim, a principal conclusão deste estudo foi que a restrição imposta pela tarefa supra-postural influencia respostas neurofisiológicas reativas associadas ao controle postural, que são potencializadas pela previsibilidade da perturbação postural

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-04062009-094528/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.