Mapa Estratégico Modelo Para Organizações Esportivas Ligadas Ao Programa dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016

Por: Gabriela Santoro de Castro.

23 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Tornar-se uma potência olímpica e paralímpica é o sonho, hoje, acalentado pelo Brasil e por todos aqueles brasileiros que dedicam suas vidas ao Esporte ou que enxergam a prática esportiva como uma fonte de lazer, entretenimento, equilíbrio social e importante alavanca econômica. Este trabalho tem por intenção contribuir para esta caminhada. Estrutura-se a partir de fundamentos e princípios de planejamento estratégico adotados pelo mercado e oferece às confederações esportivas integrantes do programa dos Jogos Rio 2016 uma ferramenta de auxílio à gestão do próximo ciclo olímpico e paraolímpico. A proposição de um arcabouço genérico de mapa estratégico, resultado deste artigo, congrega elementos comuns à realidade das diversas confederações e pretende identificar os processos e interfaces fundamentais de atuação destas organizações rumo à sustentabilidade, excelência técnica e reconhecimento público. Tem por objetivo encorajar as organizações esportivas a adotarem conceitos e métodos de planejamento e gerenciamento organizacional.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.