Marcadores Hematológicos e Bioquímicos Após Um Torneio de Jiu-jitsu Brasileiro em Atletas de Elite

Por: Felipe Brandão, Helder Miguel Fernandes, José Vilaça Alves, Sandra Fonseca e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.16 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Os objetivos deste estudo foram avaliar o efeito de um esforço de competição de Jiu-Jitsu Brasileiro (JJB) sobre marcadores bioquímicos e hematológicos, e investigar se esse efeito diferia em função do nível de prestação. Foram estudados 30 lutadores, divididos em: grupo de Elite ou EL (n= 20), composto por atletas com colocações entre 1º e 3º lugar no Campeonato Mundial de JJB Brasileiro; e grupo Não Elite ou NEL (n= 10), composto por praticantes não competidores. Simulou-se um campeonato de JJB com as mesmas regras do Campeonato do Mundo. Cada atleta realizou cinco lutas de até 10 minutos cada e com um intervalo de cinco minutos entre as mesmas. A ordem e a composição das lutas foram realizadas através de sorteio e entre atletas do mesmo grupo. Antes e após a competição, foram feitas recolhas de sangue para obtenção dos marcadores bioquímicos e hematológicos. A competição de JJB induziu aumentos significativos nos atletas de ambos os grupos nas seguintes variáveis: glicose, ácido úrico, ureia, creatinina, proteínas totais, albumina, creatinaquinase, leucócitos, neutrófilos, bastões e monócitos. No plaquetócrito, houve aumento significativo apenas no grupo NEL. As proteínas totais e o volume plaquetário médio apresentaram valores mais elevados nos atletas EL; enquanto os eosinófilos e monócitos foram mais elevados nos atletas NEL. Apenas na creatinina sérica se verificou um efeito significativo na interação momento x grupo, verificando-se valores mais elevados no grupo EL, tanto no pré como no pós-competição.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2014v16n2p144

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.