Maturação Biológica e Força Muscular: Análise de Mediação em Meninas Pré-púberes

Por: André Fili, João Pedro Duarte, João Valente-dos-santos, Leonardo Gomes de Oliveira Luz e Tatiana Durão D`ávila Luz.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.24 - n.3 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A maturação biológica tem sido relacionada com o nível de atividades físicas e a competência motora das crianças. Objetivos: O presente estudo teve como objetivos: 1) analisar a associação da maturação biológica com o desempenho em testes de força muscular e 2) examinar se a relação entre o estado maturacional e o desempenho nos testes físicos é mediada por variáveis antropométricas. Método: A amostra foi composta por 71 meninas brasileiras com oito anos de idade. A antropometria considerou estatura, massa corporal, perímetro da cintura, estimativas de massa gorda e massa magra. A maturação biológica foi avaliada através do percentual da estatura matura predita. Os testes físicos aplicados consistiam em lançamento-2kg, preensão manual, abdominais e salto horizontal. A correlação de Pearson foi realizada entre as variáveis do estudo e, por último, a análise de mediação causal. Resultados: A maturação biológica associou-se significativamente à prova de lançamento-2kg (r=0,52) e preensão manual (r=0,42). No teste de lançamento-2kg, a relação com o estado maturacional foi mediada pela massa corporal (mediação total; Teste de Sobel=2,214, p<0,05) e pela estimativa de massa magra (mediação total; Teste de Sobel=3,146, p<0,001). Já no teste de preensão manual, a massa corporal foi a única variável mediadora (mediação total; Teste de Sobel=2,251, p<0,05). Conclusões: O estado maturacional avançado parece contribuir com o desempenho de meninas pré-púberes em testes de força muscular em que não há translocação da massa corporal total ou parcial. Recomenda-se que sejam realizados estudos em outras faixas etárias. Nível de Evidência III; Estudo de pacientes não consecutivos; sem padrão de referência “ouro” aplicado uniformemente.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922018000300192&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.