Memórias da Infância: Jogos, Brinquedos, Brincadeiras e Esportes

Por: Dagmar Hunger, e Fernanda Rossi.

XIV Congresso de História do Esporte, do Lazer e da Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

Os jogos, brinquedos e brincadeiras estão presentes no universo infantil e nos contextos educacionais formais. Na cultura infantil, a realização do movimento corporal se dá através do lúdico, especialmente do jogo que tem sua essência no divertimento. Marcellino (1999) constata que está havendo o “furto” do componente lúdico da infância. Nota-se, cada vez mais, a restrição de tempo e de espaço para a criança, o que reduz a cultura infantil ao consumo de bens culturais (produzidos pelos adultos para ela e não por ela), transformando o brinquedo em mercadoria. Esses fatores revelam a dominação exercida sobre a cultura da criança e comprometem a evasão do real e, consequentemente, a imaginação de novas realidades. De acordo com Kishimoto (2009, p.11) “com a urbanização, industrialização e novos modos de vida, esqueceu-se a criança, encurtou-se a infância, a criança tornou-se um precoce aprendiz

Endereço: http://cev.org.br/biblioteca/anais-do-xiv-chelef

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.