Memórias das Infâncias: no Processo de Formação das Educadoras

Por: Luiz Carlos Rigo e Márcio Xavier Bonorino Figueiredo.

Pensar a Prática - v.11 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Este artigo nasce dos memoriais, caminhos descobertos ao longo das reflexões propostas na formação de educadoras das Infâncias. Ao trabalhar com as memórias, fomos produzindo histórias, vivências, experiências e outras formas de ação no cotidiano da Escola. Utilizamos uma metodologia que contemplaram fragmentos de falas das educadoras, observações registradas no diário de campo, escritas das lembranças das infâncias, das brincadeiras, dos brinquedos, das marcas da escola guardadas nos baús dos tempos e da escola sonhada. Fomos relembrando nossas coisas de criança, escancarando os velhos baús e fisgando retalhos multicoloridos, com muitas formas, repletos de significados nas infâncias.

Endereço: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/3540/4972

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.