Mensuração Eclassificação da Intensidade do Esforço Durante os Treinos de Capoeira

Por: Adilson André Martins Monte, Fernanda C. S. Guidarini e Maria Joana Duarte Caetano.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A Capoeira sofreu nos últimos anos uma série de mudanças em relação aos métodos de treinamento. Apesar disto, existem poucos estudos de caráter fisiológico direcionados a mesma. Esta pesquisa teve por objetivo medir e classificar a intensidade em três tipos de treino de Capoeira, todos com duração de uma hora. Aamostra foi composta por 22capoeiristas (média de 18,9 ±5,72 anos), sendo 16homens e 6mulheres, integrantes do grupo Escola Brasileira de Capoeira de Florianópolis, escolhidos intencionalmente, por treinarem de forma intervalada. Para o registro dos dados, utilizou-se monitores de freqüência cardíaca, tabela de registro dos procedimentos e cronômetro. Os treinos mensurados foram divididos em três categorias: tipo 1 - condicionamento geral (13 atletas); tipo 2 - resistência muscular localizada (RLM) com obstáculos ou treino de golpes (6 atletas); e tipo 3 - RML com sobrecarga (3 atletas). No treino tipo 1, a intensidade médiafoi de 73,2% da FCmáx; notipo 2,o valor foi de 78,6% da FCmáx e no tipo 3, foi de 82,5% da FCmáx. Quanto a classificação, nos três tipos de treino, a intensidade permaneceu dentro da zona de treinamento aeróbio (70 a 80% da FCmáx). Entretanto, os valores do treino tipo 3 aproximaram-se bastante da zona de treinamento do limiar anaeróbio (80 a 90% da FCmáx). Concluiu-se que os capoeiristas deste grupo, trabalham deforma aeróbia, independente dotipo de treino. Além dos objetivos propostos, percebeu-se através dos registros, queovalor da intensidade nostreinos é inversamente proporcional aos tempos aplicados para os intervalos.

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.