Mestre Sabú: Memória Social e Práticas Culturais da Capoeira em Goiás

Por: Tatiana Tucunduva.

156 páginas. 2015 23/02/2015

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa está vinculada à linha de pesquisa Cultura, Representações e Práticas Simbólicas, do Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de Goiás. Nosso eixo de análise é memória social e patrimônios culturais, perpassando pelo tema: Capoeira em Goiás, em suas manifestações simbólicas, estéticas e seu poder de resistência e transformação social na prática do Mestre Sabú – o pioneiro da capoeira no Estado. E é por esse pioneirismo que temos o objetivo de analisar as narrativas do Mestre Sabú, por meio de categorias analíticas que perpassaram pela sua memória social, trajetória de vida, ofício e maneiras de fazer. Bem como, pela compreensão dos significados sociais, culturais e simbólicos da Capoeira Angola de Mestre Sabú, a identificação do seu saber-fazer na Capoeira e sua relação com os instrumentos que produz, salientando os desafios, possibilidades e os impactos sociais deste trabalho à sociedade goianiense. O método de pesquisa desenvolvido foi baseado na História Oral, nos auxiliando a lidar com a produção das nossas próprias fontes, e com a história viva dando sentido social à vida do depoente. A relevância desta pesquisa está em contribuir com o debate sobre a importância de reconhecer cada saber/fazer dos mestres de capoeira, principalmente para que cada um e cada uma sejam reconhecidos e respeitados desde suas famílias até os governos.
 

Endereço: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4425

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.