Método Alternativo de Determinação de Limiar Anaeróbio em Remadores

Por: Álvaro Reischak de Oliveira, Giovani dos Santos Cunha, Jerri Luiz Ribeiro e Rafael Reimann Baptista.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.10 - n.4 - 2008

Send to Kindle


Resumo

No remo, o padrão treinado de respiração dos atletas dificulta e até impossibilita a detecção dos limiares ventilatórios, devido ao acoplamento da respiração com o gesto técnico. Neste sentido, alguns autores têm proposto a determinação do limiar anaeróbio através da razão de trocas respiratórias (R), mas ainda não existe consenso sobre qual o valor da R que pode ser utilizado. O objetivo deste estudo foi verificar qual o valor da R que corresponde ao limiar anaeróbio e se este valor pode ser utilizado como um parâmetro independente de determinação de limiar anaeróbio em remadores. A amostra foi composta de 23 remadores, todos do sexo masculino. O VO2máx e as variáveis fisiológicas correspondentes ao limiar anaeróbio foram verificados através de um teste progressivo máximo em remoergômetro, simultaneamente a uma ergoespirometria. O limiar anaeróbio foi verificado através do método Dmáx (maximal distance). As variáveis fisiológicas foram separadas em valores máximos e valores referentes ao limiar anaeróbio. Os remadores possuíam no estágio máximo, VO2 (58,2±4,4 ml.kg-1.min-1), lactato (8,2±2,1 mmol.L-1), potência (384±54,3 W) e R (1,26±0,1). No estágio de limiar anaeróbio,

possuíam VO2 (46,9±7,5 ml.kg-1.min-1), lactato (4,6±1,3 mmol.L-1), potência (300± 37,8 W) e R (0,99±0,1). Conclusão - a R pode ser utilizada como um método independente de determinação de limiar anaeróbio para remadores, assumindo o valor de 0,99, no entanto, a R deve apresentar um aumento não linear após ultrapassar este valor.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2008v10n4p367

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.