Método Halliwick Aplicado em Adolescente com Paralisia Cerebral: Um Estudo de Caso

Por: Juliana da Cruz Ferreira.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

A Paralisia Cerebral (PC) é atribuída a um grupo de distúrbios não-progressivos decorrentes de lesão do cérebro em maturação, e descrita como um conjunto de desordens posturais e de movimento que acabam levando à limitação funcional da criança. O atraso motor, na maioria das vezes, pode vir acompanhado de alterações de comunicação, cognição, percepção, comportamento, funções sensoriais e crises convulsivas. A etiologia da PC é multifatorial e pode ser desencadeada nos períodos pré, peri ou pós-natal. A seguir alguns benefícios da prática de atividade no meio líquido através do Método Halliwick (MH). A prática no meio líquido traz inúmeros benefícios, e não é diferente para as pessoas com deficiência, pois além dos benefícios físicos, nadar ou realizar atividades no meio aquoso proporciona a integração social, a independência e o aumento da autoestima dos participantes. Os benefícios terapêuticos obtidos através da imersão do corpo em água aquecida como o relaxamento, analgesia, e diminuição de impacto. Nesta pesquisa, a abordagem utilizada foi o estudo de caso, envolvendo três participantes. Diante do exposto acima, o presente estudo tem o objetivo de descrever os benefícios das atividades no meio líquido, especificamente o método de Halliwick com pessoas com paralisia cerebral.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.