Metodologia do Atlas e Apresentação dos Capítulos

Por: .

Atlas do Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

Origem e definições

A trajetória dos atlas ao longo da história tem representado marcos de memória da evolução das diversas concepções do mundo. A primeira destas obras surgiu no século XVI na Itália, sob o título Geographia e com conteúdo escrito no século II d.C. por Claudius Ptolomeu. Esta versão foi produzida por correções dos 27 mapas de Ptolomeu e adição de novos já como resultado da descoberta do Novo Mundo e das façanhas marítimas do Renascimento europeu. O termo ‘Atlas’ como designação de uma coleção de mapas, foi cunhado pelo cartógrafo italiano Antonio Lafredi ao usar a figura mitológica Atlas da Grécia Antiga na capa de sua publicação sobre terras e mares do então mundo de definição renascentista. A partir desses eventos, os Atlas passaram a incorporar progressivamente informações que pudessem dar maior compreensão ao entorno dos países, regiões, cidades e acidentes geográficos. Hoje, nos Atlas atuais, esta compreensão abrange dados de diferentes naturezas de conhecimento – sobretudo socioculturais e econômicas – deslocando o nexo cartográfico para perspectivas espaciais das quais se extraem significados e explicações quer qualitativas ou quantitativas. Desta possibilidade de representação dos fenômenos humanos e da natureza derivou-se uma metodologia de pesquisa: o mapeamento.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.