Métodos Pilares em Revista: Aspectos Biomecânicos de Movimentos Específicos Para Reestruturação Postural - Estudo de Caso

Por: Anita L Cantuária, Fabiana Y I Maeda, Isabel de Camargo Neves Sacco, Mariane S Andrade, Marina Pikel, Maurício Nisiyama e Priscila S. Souza.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.13 - n.4 - 2005

Send to Kindle


Resumo

A proposta deste estudo foi analisar por uma visão cinesiológica e biomecânica alguns exercícios do método Pilates e compará–los entre si para uma melhor descrição
do método e dos benefícios desta atividade. Duas professoras do método foram fotografadas realizando tais exercícios nos aparelhos Mat, Cadillac, Chair e Reformer e,
posteriormente os músculos trabalhados, de forma concêntrica e excêntrica, e os alongados foram comparados com os ângulos articulares mensurados no programa Corel
Draw. Para o cálculo dos torques resistentes a partir do modelo antropométrico de Dempster, foi aplicado o método segmentar nas fotografias digitalizadas para determinar
os centros de gravidade dos segmentos do corpo. Concluímos que há uma grande variação dos torques resistentes em função do posicionamento dos membros superiores e
inferiores, tronco e cabeça nos exercícios analisados e que a musculatura abdominal é o principal grupo muscular trabalhado.
PALAVRAS-CHAVE: fisioterapia, biomecânica, técnica pilates, postura, cinesiologia

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/660/671

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.