Métodos e Técnicas de Pesquisa Qualitativa no âmbito do Lazer: Análise das Produções do Enarel

Por: Alexander Klein Tahara, , e Sandro Carnicelli Filho.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A recreação e o lazer vêm se consolidando como campos investigativos, suscitando,
inclusive a composição de periódicos especializados, bem como, a organização de
evento científico específico, como é o caso do ENAREL - Encontro Nacional de
Recreação e Lazer, foco de atenção desta pesquisa. O presente estudo, de natureza
qualitativa, procurou investigar, por meio de uma análise documental, os principais
métodos e técnicas de pesquisa qualitativa, utilizados pelos estudiosos e pesquisadores
da área do Lazer e da Recreação, tendo como base para a coleta de dados os Anais
dos últimos três Encontros Nacionais de Recreação e Lazer, realizados nos anos de
2003, 2004 e 2005, respectivamente, nas cidades de Santo André, Salvador e Campo
Grande. Os dados foram analisados descritivamente, indicando que, no ano de
2003, dos 190 trabalhos apresentados, dos quais, apenas 15 deixaram explicito tratarse de uma pesquisa de natureza qualitativa, 33 desenvolveram pesquisa bibliográfica,
19 utilizaram a observação, 15 foram relatos de experiência, 14 utilizaram como
técnica a entrevista, 9 questionários, 4 foram pesquisa-ação, 3 eram referentes à
etnografia, 3 à fenomenologia, 1 estudo de caso e 89 não deixaram claro o método
e a técnica da pesquisa, sendo considerados em uma categoria outros. Em 2004
foram apresentados 295 trabalhos. Entre estes trabalhos, apenas 43 explicitaram ser
qualitativos, 88 foram relatos de experiência, 39 foram bibliográficos, 35 pesquisaação, 30 utilizaram a observação, 29 entrevistas, 27 questionários, 24 foram análise
documental, 2 estudos de caso, 1 etnografia, 1 fenomenologia e 19 outros (não
continham método e técnica de pesquisa). Em 2005 a quantidade de trabalhos
apresentados foi de 283 e 39 foi o número correspondente aos trabalhos
explicitamente qualitativos, 70 bibliográficos, 58 relatos de experiência, 23 com uso
de questionários, 21 com observação, 18 com entrevistas, 8 estudos de caso, 4
foram etnográficos, 3 fenomenológicos e 78 (não continham método e técnica de
pesquisa). Com base nos resultados do estudo, pode-se perceber a necessidade de
implementação do conhecimento acerca da pesquisa qualitativa, tendo em vista que
este método, já por tradição histórica, tem sido o mais utilizado nas investigações
neste campo do conhecimento, para que o rigor das informações possa subsidiar as
reflexões e enriquecer a área em foco, bem como, tornar seus conhecimentos válidos
e verdadeiros.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/78_Anais_p447.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.