Montanhismo: dos Significados, Conflitos e Tensões

Por: Cilene Lima de Oliveira, Edmundo de Drummond Alves Junior, Gabriela Araújo Goes da Mota e Tauan Nunes Maia.

Licere - v.21 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo é fruto de uma pesquisa realizada nos anos de 2011, 2012 e 2013, que objetivou analisar discursos de dirigentes, alunos e/ou ex-alunos de um curso de montanhismo de um clube da cidade do Rio de Janeiro (Centro Excursionista Rio de Janeiro - CERJ), a fim de verificar como estes praticantes significam essa atividade e sua relação com o meio ambiente por meio dela. Esta análise permitiu identificar conflitos dentro deste campo esportivo e tensionamentos entre os elementos que buscam legitimar um monopólio de definição da atividade em questão. Dessa forma, a investigação dos significados imputados ao montanhismo, ainda que por um grupo específico, permite repensar como a busca por uma imposição de sua maneira de praticar influencia sua própria realização, a relação entre homem e meio ambiente e o sentido do esporte.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/10875

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.