Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou comparar variáveis antropométricas e da composição corporal dos melhores atletas de uma competição juvenil (até 18 anos) de handebol masculino de Santa Catarina, em relação aos demais atletas da competição por posição de jogo. Sete dentre os doze técnicos participantes dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina 2004 aceitaram, voluntariamente, realizar a escolha da seleção dos sete melhores atletas da competição (um goleiro, um pivô, dois extremas e três armadores). Contabilizou-se, além dos sete atletas da seleção, mais 79 atletas titulares de suas equipes, totalizando na amostra, 86 atletas. Foram analisadas as variáveis: massa corporal (MC), estatura (ES), percentual de gordura (%G), massa de gordura (MG), massa corporal magra (MCM), envergadura (ENV), diâmetro palmar (DPA), diâmetro biestilóide rádio-ulnar (DRU) e perímetro do antebraço (PA). Utilizou-se a estatística descritiva (médias e desvios padrões) dos atletas por posição de jogo. Os atletas da seleção foram comparados com os demais atletas da competição por meio do teste t de Student para comparação de uma amostra com um valor de referência (p<0,05) e da ordem percentual. Verificou-se que quatro atletas da seleção (pivô, extrema esquerdo, armadores central e direito) apresentaram morfologia corporal superior aos demais atletas das devidas posições (p<0,05). A morfologia corporal pareceu ser um critério importante para o rendimento dos melhores atletas da competição. Sugere-se que sejam realizados estudos que relacionem a morfologia
corporal com o desempenho no jogo em diferentes faixas etárias.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/4053

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.