Motivação Acadêmica e Percepção de Competência Profissional de Acadêmicos de Educação Física

Por: Caio Rosas Moreira, Carla Thamires Laranjeira Granja, Daniel Vicentini de Oliveira, Eliakim Cerqueira da Silva, José Roberto Andrade do Nascimento Junior e .

Pensar a Prática - v.21 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisou o nível de motivação acadêmica e percepção de competência profissional de acadêmicos de Educação Física. Participaram 191 acadêmicos que responderam as Escalas de Motivação Acadêmica e de Auto-percepção de Competência Profissional em Educação Física e Desportos. As mulheres apresentaram maior Regulação Integrada. Os alunos que não realizam estágio possuíam maior Desmotivação, enquanto os que realizam estágio apresentaram maior Regulação Integrada e competência profissional. Ainda, a percepção de competência profissional de quem não realiza estágio se correlacionou principalmente com a Regulação Externa e Desmotivação. Concluiu-se que o estágio promove maior percepção de competência profissional e melhores níveis de motivação autodeterminada. 

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/45877

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.