Motivação Competitiva de Squashistas Juvenis Federados

Por: Carlos Adelar Abaide Balbinotti, Fernando Machado Cechin, Marcos Alencar Abaíde Balbinotti, Marcus Levi Lopes Barbosa, Paulo Henrique Mellender Evangelista, Ricardo Pedrozo Saldanha e Roberto Tierling Klering.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.28 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

A Motivação Competitiva (MC) é uma característica de personalidade fundamental no contexto dos esportes. Recentemente foi proposto um modelo de avaliação da MC chamado Modelo Tridimensional de Avaliação da Motivação Competitiva (MTAMC). Esse modelo supõe que a MC possui três orientações competitivas distintas: Orientação à Vitória (OV), Orientação à Performance (OP) e Orientação ao Status (OS). O objetivo da presente pesquisa foi explorar e comparar o perfil motivacional competitivo de 35 "squashistas" juvenis federados, de ambos os sexos e com idades entre 13 e 18 anos. Para tanto, essa amostra respondeu a Escala Balbinotti de Motivos à Competividade no Esporte (EBMCE-18). Os dois principais resultados foram: 1) as orientações foram OP, OV e OS, nessa ordem, sendo que OP e OV é o único dos três pares analisados que não se diferencia estatisticamente; 2) a variável sexo não influenciou a intensidade das respostas em qualquer das três orientações testadas. Novos estudos devem explorar se na diferença não significativa encontrada entre OP e OV houve a influência do tamanho da amostra.

Endereço: http://dx.doi.org/10.1590/1807-55092014000300469

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.