Motivação à Prática Regular de Atividades Físicas : Um Estudo com Adolescentes com Sobrepeso e Obesos das Escolas de Erechim-rs

Por: Flavio Zambonato.

2008 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O tema do presente estudo trata da motivação à prática regular de atividades físicas de adolescentes com sobrepeso e obesos. O objetivo geral desta pesquisa foi descrever e explorar a motivação à prática regular de atividades físicas em adolescentes com sobrepeso e obesos (13 – 18 anos), que freqüentam as aulas de educação física das escolas de ensinos fundamental e médio de Erechim-RS. Os objetivos específicos foram verificar as diferenças do perfil motivacional de adolescentes com sobrepeso e obesos, controlando a variável “sexo”, “níveis de ensino (Fundamental e Médio)”, bem como identificar as diferenças do perfil motivacional de adolescentes com sobrepeso e obesos, quando comparados com seus pares “eutróficos”. Para tanto, foi aplicado o Inventário de Motivação à Prática Regular de Atividades Físicas (IMPRAF-54; Balbinotti e Barbosa, 2006), que avalia seis dimensões motivacionais associadas à prática regular de atividade física: Controle de Estresse, Saúde, Sociabilidade, Competitividade, Estética e Prazer. As respostas aos itens do IMPRAF-54 são dadas conforme uma escala de tipo Likert, bidirecional, graduada em 5 pontos, partindo de “isto me motiva pouquíssimo” (1) a “isto me motiva muitíssimo” (5). O IMPRAF-54 foi respondido por 187 adolescentes com sobrepeso e obesos de ambos os sexos, compreendidos na faixa etária de 13 a 18 anos, freqüentadores das aulas de educação física, das escolas da cidade de Erechim/RS e 187 adolescentes eutróficos retirados do mesmo contexto (para a comparação dos pares). Constatou-se que a dimensão que mais motiva os adolescentes com sobrepeso e obesos foi a Saúde (1º); seguida, respectivamente, pelo par de dimensões Prazer e Estética (estatisticamente indissociáveis) (2º); Sociabilidade (3º) e, finalmente, pelo par estatisticamente indissociável de dimensões Controle de Estresse e Competitividade (4º). Destaca-se, também, que a dimensão Saúde foi priorizada em todas as variáveis controladas (“sexo”, “níveis de ensino” e “Índice de Massa Corporal”). O fator motivacional Saúde se relaciona com a melhoria da aptidão física, o aumento da vitalidade, além da diminuição de fatores de riscos para doenças e ganhos na qualidade de vida. Portanto, os resultados indicam que os adolescentes com sobrepeso e obesos (13 – 18 anos), alunos das escolas de ensino Fundamental e Médio de Erechim-RS, tem sua participação nas atividades físicas regulares predominantemente baseadas nas motivações intrínsecas, apoiadas por estímulos extrínsecos. Recomenda-se que novas pesquisas sejam realizadas para que se possa aprofundar ainda mais os conhecimentos sobre esta temática.

Endereço: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/14323

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.