Motivação, Suporte Parental e Satisfação : Estudo da Trajetória Esportiva de Atletas de Beisebol

Por: Marcus Vinícius Mizoguchi.

109 páginas. 2012 14/12/2012

Send to Kindle


Resumo

Resumo: O objetivo deste estudo foi investigar o processo de desenvolvimento da motivação, suporte parental e satisfação na trajetória esportiva de atletas brasileiros de beisebol. A população alvo da presente pesquisa foi composta por 227 atletas (23,82±41) do sexo masculino de 17 equipes da categoria adulta de beisebol da temporada 2011/2012. Como instrumentos foram utilizados: Ficha de identificação dos participantes, escala de motivação para o esporte - SMS, teste de percepção do estilo parental - EMBU, questionário de satisfação do atleta - QSA e, entrevista semiestruturada. Para a coleta de dados realizou-se o agendamento dos dias e locais da coleta dos testes psicométricos com cada clube e as entrevistas semiestruturadas com a equipe campeã do ano de 2012. Para a análise dos dados quantitativos utilizouse de estatística descritiva, o teste de esfericidade de Mauchly's, ANOVA de medidas repetidas com post-hoc de bonferroni, teste t de student independente e a correlação de Pearson. O nível de significância adotado foi de 5%. Para os dados qualitativos, utilizou-se a análise de conteúdo do tipo categorial. Os resultados demonstraram que: atletas de beisebol apresentaram maiores níveis de motivação intrínseca para a prática da modalidade; os pais apresentaram estilo parental de suporte emocional na percepção dos filhos, a mãe propicia mais suporte e superproteção que o pai; os níveis de satisfação dos atletas foram altos, mostrando índices maiores nos aspectos da dedicação pessoal, no tratamento pessoal e na contribuição para a tarefa; o suporte emocional do pai proporcionou maior motivação extrínseca para seus filhos, enquanto alguns comportamentos de rejeição e superproteção motivam os atletas de forma interna; os atletas motivados intrinsecamente apresentaram maiores satisfações no contexto esportivo; verificou-se que as atividades realizadas pelos atletas de beisebol foram realizadas adequadamente, começando com diversas práticas de jogos deliberados, até especializar na modalidade, executando práticas deliberadas; a autonomia e a competência atlética aumentaram com o decorrer da carreira esportiva do indivíduo, passando das influências externas para internas; os pais, amigos, técnicos e o clube demonstraram ser importantes agentes sociais no desenvolvimento da carreira do indivíduo. Os atletas de beisebol possuem um processo de desenvolvimento esportivo adequado, se mostrando autodeterminados, com suporte parental e satisfação atlética nas diferentes fases da carreira esportiva.

Endereço: http://nou-rau.uem.br/nou-rau/document/?code=vtls000205517

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.