Motivos Que Interferem Dificultando ou Impedindo a Prática de Exercícios Físicos Por Gestantes Ativas e Sedentárias

Por: , Luciana Segato e Martina Rolim.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Atualmente enfatiza-se a importância da prática de exercícios físicos no período
gestacional.A adoção deste comportamento pode alterar a história natural de muitos
dos distúrbios clínicos e emocionais decorrentes da gravidez, trazendo benefícios
inclusive no pós-parto. Entretanto, observa-se ainda que muitas gestantes
permanecem sedentárias, deixando de usufruir destes benefícios. Tendo em vista
isso, este estudo tem por objetivo identificar os fatores que dificultam ou impedem
a prática de atividades físicas pelas gestantes com estilo de vida ativo e sedentário. A
pesquisa caracteriza-se como descritiva de campo, sendo aplicado um formulário
adaptado do "questionário de auto-avaliação do estilo de vida e da ocorrência e
controle do stress" de ANDRADE (2001) a 30 gestantes, 20 sedentárias e 10 ativas,
com idade média de 25±4,7 anos que freqüentaram uma Unidade Básica de Saúde
de São José (SC). Os dados foram analisados a partir da estatística descritiva. Os
resultados mostram que as gestantes ativas e sedentárias apresentam diferentes
motivos que prejudicam a prática de atividades físicas. As sedentárias não praticam
exercícios físicos devido a fatores como falta de interesse (n=20 - 20%), falta de
tempo (n=20 - 20%), mal estar (n=20 - 20%), problemas financeiros (n=20 - 10%),
compromissos familiares (n=20 - 10%) e profissionais (n=20 - 10%), cansaço (n=20
- 5%) e ao clima (n=20 - 5%).As ativas, no entanto, relatam fatores como a falta de
tempo (n=10 - 30%), dores e mal estar (n=10 - 30%), cansaço (n=10 - 20%),
trabalho (n=10 - 10%), sendo que parte destas referiram não ter motivos que
prejudiquem sua prática de exercícios físicos (n=10 - 10%). Ou seja, verifica-se que
as ativas apresentam, em sua maioria, motivos de ordem física, que podem estar
relacionados às mudanças anatomo-fisiológicas ocorridas na gestação como a secreção
aumentada de hormônios, o crescimento do útero, redistribuição do fluxo sangüínea
entre outras. As sedentárias, no entanto, mencionam motivos pessoais dependentes
de seu interesse, necessidades, valores. Pode-se concluir com este estudo que os
fatores mencionados pelas gestantes ativas estão intimamente ligados à prática de
atividade física em si, sendo considerados em sua maioria como físicos. Em
contrapartida, as sedentárias apresentam motivos mais abrangentes que se
relacionavam ao aspecto profissional, pessoal, familiar, entre outros.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/75_Anais_p403.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.