Movimento e Interdisciplinaridade na Legislação Brasileira Contribuições da Educação Física Para a Educação Infantil

Por: , Daniela Bento Soares, e Simone Thiemi Kishimoto.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.33 - n.2 - 2019

Send to Kindle


.Resumo

Este estudo teve como principal objetivo revisitar os principais documentos legais publicados até 2013 que orientam a Educação Infantil (EI) no Brasil, analisando de que forma o movimento foi considerado e quais as orientações para o seu desenvolvimento nas práticas educativas. Visou especificamente identificar as possíveis interfaces entre o movimento e as oportunidades de trabalho do professor de Educação Física, em uma perspectiva interdisciplinar, em especial para a faixa etária até os três anos. Para tanto, analisou os principais documentos publicados pelo Ministério da Educação e divulgados no período de 1988 a 2013 para o nível de ensino. A análise dos documentos oficiais demonstrou que o movimento é reconhecido como linguagem e impulsionador do desenvolvimento integral da criança. Sendo o movimento o objeto da EF, cabe ao seu profissional estudar e influenciar as instituições educativas para que atendam as necessidades da criança pequena. O caráter interdisciplinar apresentado pelos documentos oficiais também incentiva a participação do profissional de EF.

Endereço: https://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/170298

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.