Muhammad Ali, Um Outsider na Sociedade Americana?

Por: , Flávio Py Mariante Neto, e .

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.32 - n.4 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O estudo analisa a carreira do boxeador Muhammad Ali segundo as formulações sobre as relações de poder em configurações apresentadas por Norbert Elias. O propósito foi compreendercomo um atleta que foi contra questões tão profundas da sociedade estabelecida obteve sucesso profissional. Tratou-se de um estudo documental, tendo como fonte livros, artigose reportagens publicadas sobre a trajetória do lutador. Concluiu-se que apesar de Ali ter se posicionado contra padrões estabelecidos de sua época em questões como a religião, o racismo e o patriotismo, a sua habilidade técnica acima da média, o seu poder de autopromoção e a sua capacidade de participar do jogo no contexto configuracional de que fazia parte, lhederam condições de sobrevivência no mundo do boxe e conseqüente sucesso profissional.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/602

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.