Mulher e Vôlei de Praia: Memórias de Tia Leah

Por: Lenice Peluso Oliveira, Ludmila Mourão e Vera Lúcia de Menezes Costa.

Motriz - v.16 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O estudo buscou, na memória de pioneiros e nas lembranças dos que viveram o Vôlei de Praialazer nas décadas de 1930 e1940, delinear o perfil de Tia Leah na gestão, divulgação e visibilidade do Vôlei de Praia no Rio de Janeiro, através de entrevistas e recortes encontrados na literatura. O resgate dos depoimentos de oito pioneiros da modalidade à época tem na abordagem da História Oral seu aporte teórico e metodológico. A partir da reorganização do passado, houve a possibilidade de mostrar uma identidade sociocultural do Vôlei de Praia no seu início. A sociabilidade entre os jogadores foi fundamental para o convívio de diversas gerações. A gestão de Tia Leah na rede do Posto Seis em Copacabana, foi um marco do Vôlei de Praia, promovendo a equidade esportiva entre os homens e as mulheres que participaram nos jogos da rede.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1980-6574.2010v16n2p300

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.