Mulheres da Rocinha: Relações Entre Corpo, Identidade e Trabalho

Por: Sebastião Josué Votre.

Movimento - v.14 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo com mulheres da Rocinha, que praticam musculação de forma regular e assídua em academia local, é analisar como se representam e como agem para se manterem nos espaços sociais e de trabalho, com valorização da aparência e da capacitação do corpo. A hipótese é que as mulheres estão conscientes dos desafios e dificuldades com que se defrontam para empoderar-se. A observação participante de 17 mulheres de 16 a 34 anos, em academia de musculação e a análise de entrevistas semiestruturadas permitiram constatar que as mulheres negociam com o poder, usando as energias para crescer, desenvolvendo o embelezamento do corpo como estratégia para fortalecer o eu e para firmar-se no emprego. Representam a musculação como recurso para melhorar a qualidade de vida e o bemestar físico e mental.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/2550/4177

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.