Mulheres e Romances: Uma Intimidade Radical

Por: Maria Teresa Santos Cunha.

Cadernos Cedes - n.45 - 1998

Send to Kindle


Resumo

Resumo: Este artigo se propõe a analisar os textos dos romances denominado "Coleção Bibliotecas das Moças" (publicado entre 1940 e 1960) A análise considera o ato de ler como um processo de socialização responsável pela aquisição, representação, hábitos e valores capazes de engendrar nas leitoras um imaginário próprio. Palavras-chave: Mulheres, livros, leitura, imaginário, romances de M. Delly * Doutora em Educação. Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Santa Catarina.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.