Nado Sincronizado

Por: Projeto Inteligência Esportiva.
Send to Kindle


Resumo

Aproximação entre arte e esporte

A maioria das fontes sobre a origem do Nado Sincronizado aponta que ele surgiu de uma evolução de espetáculos na água protagonizados por Annette Kellerman no início do século XX. Esta, uma atleta australiana que após muito sucesso na natação decidiu viajar pelo mundo mostrando acrobacias e graciosidade em um novo modelo de prática aquática, que em seu início não possuía regras estabelecidas e era composto principalmente por movimentos da vontade e intencionalidade da própria praticante. Annette começou sua jornada fazendo demonstrações na Inglaterra, mas logo se transferiu para os Estados Unidos da América, onde encontrou um grupo que praticava saltos, movimentos e acrobacias similares às suas. Já participando deste grupo mambembe continuou sua série de apresentações pelo Mundo e a prática iniciou uma fase de grande popularização. Esse início da atividade situado nos EUA explica boa parte do sucesso desse país no esporte na atualidade.

Ainda segundo fontes históricas variadas, foi inspirada por esses movimentos que Katherine Curtis, professora nos Estados Unidos, em 1920, decidiu formalizar essa nova prática, estabelecendo padrões para as execuções na água, que deveriam ter um fundo musical e a formação de figuras. A partir daí fica demarcado, então, o início do processo de esportivização da atividade que era, até aquele momento, exclusivamente artística. A educadora Curtis criou um centro formador de atletas para esse

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.