Nado Sincronizado no Rio Grande do Sul

Por: Alessandra Maria Scarton e Ticiane Ribeiro Schultz.

Atlas do Esporte no Rio Grande do Sul.

Send to Kindle


Resumo

O Nado sincronizado surgiu no estado do Rio Grande do Sul com a chegada, no início da década de 1960, do técnico de natação Professor José do Carmo Neves Filho de São Paulo-SP. Ele propôs a criação de um grupo de ballet aquático para atuar nas apresentações da Revista Aquática do Grêmio Náutico União de Porto Alegre-RS. Este grupo de nadadoras acabou se apresentando em vários cidades do RS como Novo Hamburgo, Canela, Santa Cruz, e também em Blumenau – SC. A modalidade acabou fazendo a sua história em ciclos, já que foi impulsionada muitas vezes, e da mesma forma, extinta. Durante, aproximadamente 40 anos, o nado sincronizado foi mais uma atividade física do que um esporte, tendo em vista a não participação de gaúchas em competições e, sim, em apresentações. Houve vários momentos dentro da história em que alguém buscou difundir a modalidade através da realização de cursos para a preparação de professores, apresentações e mais recentemente, com auxílio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos - CBDA.
 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.