Não é Briga, Não... é Só Brincadeira de Lutinha: Cotidiano e Práticas Corporais Infantis

Por: Dulce Maria Filgueira de Almeida e .

Pensar a Prática - v.22 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa tem por objetivo descrever e caracterizar brincadeiras de luta forjadas no cotidiano de uma escola pública de São Luís – MA, buscando compreender seus sentidos/significados para as próprias crianças. Realizou-se estudo de inspiração etnográfica, em que a análise das informações obtidas permitiu identificar três eixos, que conferem às brincadeiras os seguintes sentidos: imaginação/representação, disputa/duelo e prazer/vertigem. Os episódios registrados sugerem que, seja por intermédio das mídias, de vivências na comunidade ou na escola, as práticas analisadas são (re)criadas através da experiência infantil. Apreendeu-se, ainda, que o lúdico e a violência/agressividade coexistem nas práticas corporais observadas.

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/50247

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.