Natação Adaptada: Desenvolvimento e Finalidades

Por: Camila Senhorini Medeiros, e Mariana Piculli.

II Congresso Paraolímpico Brasileiro

Send to Kindle


Resumo

Define-se por natação a "capacidade de se locomover sob e sobre a água de forma segura e independente de acordo com suas potencialidades e respeitando suas limitações." (COSTA, 2008). Tal definição é utilizada tanto para a natação convencional quanto para a natação adaptada, neste caso, ainda mais evidente as potencialidades e limitações de cada praticante. Na piscina, as pessoas com necessidades especiais conseguem, muitas vezes, realizar movimentos que em outro ambiente não conseguiriam. Locomover-se sem grandes esforços dentro da água, torna-se possível, pois sua propriedade de sustentação (empuxo) e a quase total eliminação da gravidade, facilitam a execução de movimentos. Nas aulas de Natação do PROEFA-UEM, é necessário que cada professor determine claramente o objetivo e especificidade do trabalho e trato com cada aluno (terapia ou treinamento). Por meio da Ficha de Anamnese, preenchida ao início das práticas esportivas, o professor tem acesso e conhecimento das possíveis limitações de cada aluno. Diante disso, definidas as estratégias e caminhos para o andamento de cada aula, este estudo pôde reconhecer o intuito de cada atleta dentro da piscina, além de possibilitar uma análise referente à idade e gênero dos alunos praticantes da modalidade Natação no PROEFA – UEM.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.