Natação: Desporto Burguês?

Por: Alexandra Marques Abrantes Viana.

IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem como objetivo determinar se a natação é um desporto praticado pela burguesia brasileira e sua possíveis manifestações de discriminação quanto à prática pela classe trabalhadora. Até onde se avançou, constatou-se que após a criação das piscinas, obrigando a filiação dos indivíduos nos clubes para a prática do desporto, ocorreu o aburguesamento da natação. Será usada uma das técnicas de análise de conteúdo das publicações ligadas a história da natação e entrevistas com nadadores, técnicos e administradores, caracterizando assim, os focos de apropriação burguesa. A Teoria Crítica apoiará a discussão da ligação entre as classes sociais que deram origem a natação e seu atual aburguesamento.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.