Natureza e Educação dos Sentidos: Forjando Novas Sensibilidades no âmbito da Educação Para Todos (brasil e Espanha, Finais do Séc. Xix e Início do Séc. Xx)

Por: .

Licere - v.15 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Na esteira do plural movimento que pretendeu renovar a educação nas  décadas finais do séc. XIX e nas iniciais do séc. XX localizamos pistas de prescrições 
que pretendiam ter um caráter universal. Algumas ênfases tiveram grande impacto em  diferentes países, tais como, a educação estética, a educação pela experiência, a  educação para a paz, a educação física, além de um às vezes genérico retorno à  natureza, que visavam fortalecer o que chamamos de uma educação dos sentidos. Partindo das pistas localizadas em arquivos brasileiros e espanhóis, nesse espaço me  ocuparei apenas de uma das suas expressões, aquela que aqui denomino “retorno à  natureza”, ciente que uma educação dos sentidos mobilizou e mobiliza inúmeras  possibilidades de pensar os processos de formação, os quais às vezes estão diretamente  relacionadas com aquilo que hoje denominamos lazer, que freqüentemente alimenta o  mito de um retorno à uma natureza pretensamente imaculada.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV15N03_ar2.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.