Níveis de Aptidão Física de árbitros de Elite da Federação Paranaense de Futebol

Por: , Ciro Romelio Rodriguez Añez e Victor Dante Cano Arias.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.12 - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar o nível de aptidão física dos árbitros de elite da Federação Paranaense de Futebol através da bateria de testes utilizados pela FIFA. A amostra deste estudo foi constituída por todos os árbitros da Federação Paranaense de Futebol (FPF) que se apresentaram à Comissão de Avaliação da Aptidão Física da FPF, para submeter-se às provas de aptidão física da temporada de 2000. Foram avaliados 209 árbitros, todos do sexo masculino. A bateria padrão da FIFA é constituída de: 2 piques de 50 metros, 2 piques de 200 metros e uma corrida de 12 minutos (teste de COOPER). Em média, o árbitro paranaense leva 6,93 ± 0,37 s para percorrer os 50 metros. O tempo médio dos árbitros paranaenses nos piques de 200 metros foi de 29,36 ± 1,71 s. Já a média obtida durante a corrida de 12 minutos foi de 2842 ± 204,77 metros. Os árbitros da região de Cascavel são os que apresentaram o menor nível de preparação física no Paraná. PALAVRA CHAVE: árbitro de futebol, aptidão física, testes físico.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.