Níveis de Potência Muscular em Atletas de Futebol e Futsal em Diferentes Categorias e Posições

Por: D. Detanico, J. F. Silva, L. G. A. Guglielmo, L. T. Floriano, N. Dittrich, P. C. Nascimento, e S. G. Santos.

Motricidade - v.8 - n.1 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou identificar a potência de membros inferiores em jogadores de futebol e futsal, comparando o counter movement jump (CMJ) entre modalidades, posições adotadas e categorias. Participaram 61 atletas de futebol das categorias Sub17, Sub20 e profissional e 28 de futsal das categorias Sub20 e profissional. Utilizou-se uma plataforma de força Quattro Jump do tipo piezoelétrica. Foi utilizada estatística descritiva, teste t de Student e análise de variância a p < .05. Não foi reportada diferença significativa no CMJ entre os atletas de futebol e futsal (p = .85). Entre as posições adotadas pelos jogadores de futebol encontrou-se diferença significativa (p = .02) apenas entre os centrais e os médios. Nos atletas de futsal não foi verificada diferença significativa entre as posições (p = .69). Quando comparadas as categorias também não foram constatadas diferenças significativas, tanto no futebol (p = .12), quanto no futsal (p = .47). Pode-se concluir que os atletas de futebol e futsal parecem apresentar níveis semelhantes de potência muscular. Os centrais apresentaram maiores níveis de potência quando comparados aos médios, porém no futsal os atletas apresentaram níveis similares de potência. Independente da categoria, tanto os atletas de futebol quanto de futsal, apresentaram níveis semelhantes de potência muscular. 

Endereço: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1646-107X2012000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.