Nível de Atividade Física e Adiposidade Corporal em Adolescentes

Por: e Ricardo Pinho.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A determinação do nível de atividade física (NAF) em adolescentes tem se tornado um campo relevante de investigação. Existem evidências que reforçam a hipótese de que o desenvolvimento da obesidade em adolescentes pode ser explicado por uma redução do gasto energético ou do nível de atividade física. Neste sentido, este estudo objetivou determinar o NAF em adolescentes durante o período de férias e relacionar com a adiposidade corporal enunciada pelo IMC. Para a determinação do NAFfoi utilizadoo vetor de magnitude (VM) através do acelerômetro Tritrac R3D. Participaram do estudo 28 adolescentes do sexo masculino, com idades entre 14 e 15 anos, do Município de Tijucas/SC. A amostra foi arbitrariamente dividida em dois grupos (G1- menor e G2 - maior índice de adiposidade). Os dados foram coletados nos meses de dezembro/1998 a fevereiro/1999. As mensurações foram realizadas em 3 dias intercalados (dois dias úteis e um no fim de semana), das 08:00h às 20:00h. Os dados levantados neste estudo mostram que os grupos G1 e G2 apresentam valores médios de IMC = 18,35 Kg/m2 (s = 1,65) e 23,26 Kg/m2 (s =3,14), respectivamente. Através da ANOVA, pôdese observar diferenças estatísticas significativas (p < 0,05), entre as médias dos movimentos corporais produzidos pelos adolescentes com menor e maior níveis de adiposidade (VM = 254.089; s =78.725 e VM = 201.211; s = 69.015, respectivamente). Pelas evidências encontradas neste estudo, pôde-se concluir que os adolescentes que apresentam um NAF maior, enunciados pelo VM, apresentam menor índice de adiposidade.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.