Nível de Atividade Física, Aptidão Cardiorrespiratória e Qualidade de Vida em Homens com Hipogonadismo Congênito Comparativamente a Pares Clinicamente Saudáveis

Por: Adriana Lofrano A. Porto, Kim Sampaio de Lacerda Mileski e .

XXXV Simpósio Internacional de Ciências do Esporte - SIMPOCE

Send to Kindle


Resumo

Introdução: O hipogonadismo masculino congênito é uma doença rara caracterizada pela produção insuficiente de testosterona e ausência de desenvolvimento sexual. A testosterona é o principal andrógeno circulante e sua deficiência resulta em prejuízos físicos e psicológicos, que afetam a saúde e qualidade de vida (QV). Objetivo: Considerando-se que o tratamento se baseia na reposição de testosterona, objetivou-se av aliar o nível de atividade física, a capacidade cardiorrespiratória e qualidade de vida em homens portadores de hipogonadismo congênito (HC) em uso de suplementação androgênica, em comparação a pares clinicamente saudáveis.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.