Nível de Atividade Física e Quedas Acidentais em Idosos: Uma Revisão Sistemática

Por: Ana Cristina Passarella Brêtas, áurea Christina de Paula Corrêa, Gustavo Puggina Rogatto e Priscila Carneiro Valim-rogatto.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.11 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar pesquisas que avaliaram a relação entre o nível de atividade física e a ocorrência de quedas em idosos. O método adotado foi uma revisão sistemática da literatura realizada nas bases de dados LILACS e MEDLINE. Como critérios de inclusão, foram selecionadas publicações com população de estudo abrangendo indivíduos com 60 anos ou mais, publicações do tipo artigo em periódicos em texto completo nas bases de dados, nos idiomas Português, Inglês e Espanhol. Foram selecionados 29 documentos, dos quais cinco foram encontrados na base LILACS (1982 a 2007), dois na MEDLINE (1966 a 1996) e 22 documentos na MEDLINE (1997 a 2007). Foram utilizados dez artigos (35%), sendo que 19 documentos (65%) foram excluídos por não atenderem aos critérios de inclusão previstos. Dos estudos utilizados (n=10), a maioria era composta por estudos transversais (60%). Os estudos encontrados sugerem uma associação entre nível de atividade física e fatores associados à ocorrência de quedas, como por exemplo, capacidade funcional, qualidade de vida e independência nas atividades da vida diária. Pôde-se também observar, em alguns estudos, que o evento da queda levou à restrição de atividade física. Devido à heterogeneidade dos estudos, principalmente em relação a diferentes instrumentos com conteúdos diversificados que dificultaram o pareamento dos resultados, não foi possível identificar se melhor nível de atividade física é capaz de auxiliar na redução da incidência de quedas em idosos.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2009v11n2p235

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.