Nível de Atividade Física, Sono e Qualidade de Vida de Pacientes com Doença de Alzheimer

Por: Angelica Miki Stein, José Luiz Riani Costa, Marcelo Garu, Salma Soleman Hernandez e Thays Martins Vital.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.17 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

A atividade física (AF) tem sido considerada um importante recurso não farmacológico, que pode proporcionar benefícios ao sono e à qualidade de vida de pacientes com Doença de Alzheimer (DA). O presente estudo teve por objetivo analisar a relação entre nível de atividade física, distúrbios do sono e qualidade de vida em pacientes com DA. Participaram deste estudo 30 pacientes com DA. Para mensurar nível de AF, sono e qualidade de vida foram utilizados, respectivamente: Questionário Baecke Modifi cado para Idosos, Mini Questionário do Sono e Escala de avaliação da qualidade de vida na Doença de Alzheimer – respondida pelo paciente e cuidador. Para comparação do sono e da qualidade de vida, em função do nível da prática de AF, a amostra foi dividida em dois grupos (maior e menor nível de AF).

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/529.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.