Nível de Atividade Física de Estudantes Universitários com e Sem Distúrbio da Imagem Corporal

Por: , Leandro Martinez Vargas, Lilian Kelen Mauricio e Silvielly Karoline Leonardo Annunciato.

Pensar a Prática - v.19 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar a relação entre o nível de atividade física (NAF) e a percepção da imagem corporal (IC) em estudantes de ensino superior. Participaram deste estudo 339 acadêmicos de sete cursos de graduação, dos quais 166 eram homens e 173 eram mulheres. A avaliação do NAF foi realizada por meio do IPAQ, na sua versão longa. O instrumento utilizado para analisar a IC foi o BSQ. Os dados revelam alta incidência de níveis insuficientes de atividade física (38,9%) e baixa prevalência de distorção da IC (12,6%), independentemente do gênero e curso de graduação. Conclui-se que o gênero feminino apresentou maiores chances tanto para níveis insuficientes de prática de atividade física, quanto de manifestação de distúrbio da IC.

Endereço: http://revistas.ufg.emnuvens.com.br/fef/article/view/35220

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.