Nível de Atividade Física e Uso de Serviços de Saúde em Mulheres Sob Tratamento Adjuvante Contra o Câncer de Mama com Inibidores de Aromatase

Por: Ana Carolina Alves da Costa Trindade.

82 páginas. 2018 24/03/2018

Send to Kindle


Resumo

O câncer de mama é a segunda neoplasia maligna mais frequente no mundo e a primeira entre as mulheres, constituindo-se um grave problema de saúde pública, devido as altas prevalências e ao gasto com o tratamento. O nível de atividade física é um dos determinantes do desenvolvimento e agravamento da doença, interferindo no uso de serviços de saúde bem como no gasto do tratamento. Objetivo: Analisar se o nível de atividade física está associado ao gasto com saúde, composição corporal, fadiga e dor, bem como comprar o gasto com saúde entre obesas e não obesas, fadiga e dor leve e intensa de mulheres sob hormonioterapia adjuvante com inibidores de aromatase contra o câncer de mama atendidas pelo SUS. Métodos: Amostra composta por 42 mulheres em tratamento hormonal adjuvante contra o câncer de mama com inibidores de aromatase. Avaliação do uso de serviço de saúde foi obtido por meio de informações auto-referidas em entrevistas norteadas por questionários e bancos de dados de preços em saúde, retroagindo 30 dias à entrevista. Foram realizadas medidas antropométricas, avaliação da composição corporal por densitometria óssea, nível de atividade física por acelerometria (MVPA), níveis de fadiga por meio do questionário proposto por Piper et al. (1998) e a sensação de dor pelo questionário breve de dor (IBD).

Endereço: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/154299

Ver Arquivo (PDF)

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.