Nível de Percepção Subjetiva de Esforço em Exercício Resistido Utilizando Diferentes Tempos de Descanso Entre as Séries

Por: Camila Teixeira Costa, Gustavo Puggina Rogatto, Júlio César Reis de Carvalho e Rhafael Barbosa Almendanha.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Identificar a percepção subjetiva de esforço (PSE) em exercício resistido utilizando diferentes tempos de descanso entre as séries.

Métodos e resultados:
Dez indivíduos adultos jovens de ambos os sexos, com média de idade de 21,1(± 2,4) anos e praticantes de musculação, foram submetidos ao teste de 1 repetição máxima (1RM) no exercício leg press 45º. Quarenta e oito horas depois do teste de 1RM, os participantes foram submetidos a quatro condições de teste (onde realizavam 3 séries de 10 repetições com 75% de 1RM no leg press 45º) com quatro diferentes tempos de descanso entre as séries (30, 60, 90 e 120 segundos). As quatro condições de teste foram realizadas de maneira aleatória com intervalos de, no mínimo, 48 horas entre elas. Antes de realização do teste e imediatamente depois da primeira, segunda e terceira séries de esforço, os voluntários responderam à escala OMNI-RES de PSE. Os dados foram analisados estatisticamente por análise de variância e teste post hoc de Bonferroni com p<0,05. Não foram observadas diferenças significativas na PSE entre as quatro condições de descanso entre séries. Ao final da primeira série de esforço a PSE aumentou significativamente em todas as condições avaliadas. Contudo, só foi observada continuação do aumento da PSE ao final da terceira série de esforço na condição com 30 segundos de descanso entre as séries.

Conclusão:
Embora a PSE continue a aumentar com intervalo de descanso menor (30’’), não foram observadas diferenças entre os tempos de descanso (que variaram entre 30 e 120 segundos).

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.