Nível de Qualidade de Vida e de Atividade Física de Professores de Escolas Públicas Estaduais da Cidade de Palhoça (sc)

Por: Alexandra Folle e Gustavo de Farias.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.11 - n.1 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar a qualidade de vida e a atividade física de professores de escolas públicas estaduais da cidade de Palhoça (SC). Participaram do estudo 71 professores atuantes em três escolas públicas estaduais. Para a coleta de dados foram utilizados o WHOQOL-bref (FLECK et al., 1999) e o questionário de atividades físicas habituais (NAHAS, 2003). Os dados coletados foram tratados por meio da estatística descritiva (média e desvio padrão, frequência e percentual) no software SPSS versão 17.0. Os resultados encontrados revelaram que os professores apresentam qualidade de vida considerada razoável em todas as dimensões, sendo a média mais elevada a da dimensão social, e a menor, a da dimensão física. No que se refere à atividade física, constatou-se que os professores, em sua maioria, encontram-se inativos, havendo um percentual quase inexpressivo de docentes considerados ativos.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/3219

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.