Notas Para Uma Cultura Política dos Megaeventos Esportivos: Refl Exões Críticas Sobre os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Verão de Londres 2012

Por: John Horne.

Os Impactos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016.

Send to Kindle


Resumo

Introdução

Minha pesquisa é estimulada por uma orientação crítica, tanto aos organizadores e organização dos esportes quanto ao estudo social científi co do esporte. Tenho grande admiração por feitos superlativos da fi sicalidade humana que acontecem no esporte combinados com ceticismo profi ssional sobre as formas institucionais que os moldam. Em The four “knowns” of sports mega-events (em português, “Os quatro “conhecidos” dos megaeventos esportivos”) (HORNE, 2007) sugeri que é um dever acadêmico olhar criticamente para as hipóteses, crenças e distorções que são frequentemente negadas sobre os megaeventos esportivos. Esse artigo, em parte, revisita o tópico, pergunta por que não existe uma resistência maior aos megaeventos, dada a rotinização dos danos às populações locais que eles tendem invocar, e esboça por que uma cultura política de megaeventos esportivos é necessária, mas não é um acompanhamento sufi ciente para a pesquisa social científi ca. A pesquisa foca na cobertura da mídia dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012, em Londres. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.