Novas Abordagens Sobre o Currículo de Formação Superior em Educação Física no Brasil: Memória e Documentos

Por: ângela Celeste Barreto de Azevedo.

212 páginas. 1999 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

As origens da formação em Educação Física (EF) no Brasil encontram-se no meio militar. Nos anos 30 começaram a funcionar cursos de EF de gradação superior em ambiente civil, sendo criada em 1939 a Escola Nacional de EF e Desportos (ENEFD) na então Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro. O presente estudo verifica, por análise histórica comparativa, as modificações curriculares ocorridas em 1969 e 1987 no curso de graduação em EF, partindo da criação da ENEFD. Foram utilizados a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e o depoimento oral como passos metodológicos, sob a perspectiva crítica de estudo do currículo, à luz da teoria crítica e da sociologia. Os dados obtidos tentaram captar as rupturas e disjunturas da prescrição teórica do currículo do curso de EF e demonstraram como o processo indutivo de herança cultural se fez tão presente, mesmo quando foi possibilitado um pensar diferente na prescrição curricular. Dessa forma, o currículo permaneceu sem grandes alterações na prática, a não ser em termos de inclusão, exclusão e/ou fusão de disciplinas, com ênfase no enfoque técnico-biológico e esportivo 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.