Novos Apontamentos Para a História do Cacuriá no Maranhão

Por: Leandro Olivio Carvalho Gomes, e Sérgio Augusto Rosa de Souza.

XV Congresso de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

O século XIX desencadeou um processo civilizatório que analisava a estrutura atual, como ultrapassada. Os relatos sobre o Maranhão feitos pela elite local foram construídos com fortes conotações etnocêntricas e de discriminação de classe, gênero e raça. Partindo daí, as imagens mais comuns relacionadas à população negra em pleno ato de dança são associadas ao prazer sexual, à lascívia, à imoralidade e grosseria. Essas características fizeram com que a história dessa população ficasse no obscurantismo e relegada à sombra dos acontecimentos, aparecendo controversa, caso da dança Cacuriá. A pesquisa se justifica devido à descoberta de fatos relacionados ao surgimento da dança Cacuriá em período distinto àquele consagrado na atual história dessa dança nos folguedos do Maranhão. O estudo é realizado à luz da História Cultural/Social. Recorremos ao Paradigma Indiciário de Ginzburg (Ginzburg, 1990) no que diz respeito à possibilidade de ampliar as possibilidades de recuperar fontes específicas sobre esta dança, na transição do século XIX para o XX. Recorremos também aos estudos culturais de Richard Hoggart, Raymond Williams e Edward Thompson. Objetivos: Reconstruir a memória da dança Cacuriá investigando, através de diferentes fontes, os primórdios dessa manifestação cultural no Maranhão. Metodologia: Análise bibliográfica. Análise documental. Revisão da literatura específica. Anúncios em jornais do Maranhão indexados na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional com os seguintes descritores: “cacuriá, samba, festa”. Principais conclusões: A partir das visões aqui apresentadas, podemos perceber que há uma série de desencontros na história do cacuriá. Atualmente, o que se conhece sobre essa dança é que a sua origem está relacionada ao festejo do Divino Espírito Santo, tem sua origem no povoado Baiacu no município de Guimarães, conforme estudos de Ferretti (2011). Entretanto, a expressão cacoriá (1876) e cacuriá (1884 e 1903) são encontrados nos jornais do século XIX e início do século XX e se referem à dança popular associada ao samba.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.